01 outubro 2014

5 Motivos para agradecer pela vida (salmos)

Deem graças em todas as circunstâncias, pois esta é a vontade de Deus para vocês em Cristo Jesus. 
1 Tessalonicenses 5:18

Você é a mais bela obra do Criador
Eu te louvo porque me fizeste de modo especial e admirável. Tuas obras são maravilhosas! Digo isso com convicção. Salmos 139.14.  Antes de reclamar pela sua vida, lembre-se que você foi feito com muito amor e perfeição pelo Senhor Criador! É certo reclamar logo após de ganhar um (belo) presente? Então, a sua vida é o melhor de todos os presentes! Ame-se. Você é uma das mais maravilhosas obras de Deus. Ele o fez de um modo especial. 

Você tem proteção 0800
Ele te cobrirá com as suas penas, e debaixo das suas asas te confiarás; a sua verdade será o teu escudo e broquel. Salmos 91.4. Você tem proteção grátis sabia? Sim! Em Deus estamos seguros. Podemos ter a certeza que com Ele tudo podemos, e que nada pode nos machucar se não for da vontade dEle! Que incrível, não? Mas para essa proteção 0800 ás 48 horas do dia, tem uma condição: AQUELE que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará. Direi do SENHOR: Ele é o meu Deus, o meu refúgio, a minha fortaleza, e nele confiarei. É preciso crer em Deus e confessar que nEle está sua confiança, seu refúgio e fortaleza. Dessa forma nada poderá te atingir. Creia, você é protegido!

Você nunca está sozinho
Porque, quando meu pai e minha mãe me desampararem, o Senhor me recolherá. Salmos 27:10 Existem aqueles momentos que nos sentimos tão só, né? Achamos que estamos perdidos. A família e os amigos uma vez ou outra, sempre falham quando precisamos. E caramba, como dói! Todavia, existe um alguém que nunca nos deixa só um minuto se quer! Jesus! Ainda que nossos pais e nossos amigos nos abandonem, Ele sempre vai estar ao nosso lado. Seu amor nos acolhe, nos protege, e nos consola. Acredite, Jesus sempre vai estar com você. Principalmente nos momentos mais difíceis. 

Seus pedidos são atendidos
Qualquer coisa que me pedirdes em meu nome, vo-lo farei. João 14:14 Quando acreditamos em Deus e depositamos nossa confiança nEle, podemos ter a certeza que Ele ouve todos os nossos pedidos. E como diz sua palavra em João 14:14 Ele os atende. Qualquer coisa que pedir ao Senhor de todo coração, ele vai lhe atender. Jesus sabe o que sentimos antes mesmo de dizermos a Ele. Mas, ama ouvir nossa voz e conversar conosco. Por isso, tudo que desejar peça ao Senhor. Ele lhe atende, basta pedir com .

Você pode ser feliz
Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi: Alegrem-se! Filipenses 4:4 Alegria incomparável! É possível sentir! Quando vivemos com Cristo ao nosso lado mesmo em momentos de dor, ele nos abençoa com uma alegria inexplicável. Jesus é o senhor da verdadeira felicidade. Somente nEle temos alegria plena que perdura durante toda a vida. Eu digo com total convicção porque sinto a alegria de Deus todos os dias em minha vida. Se em você existe o desejo de ser verdadeiramente feliz, creia em Deus! Deposite sua fé nEle e deixo-o agir em seu coração. Daí você verá que pode ser muito feliz!

Mesmo não o tendo visto, vocês o amam; e, apesar de não o verem agora, creem nele e exultam com alegria indizível e gloriosa, pois vocês estão alcançando o alvo da sua fé, a salvação das suas almas. 1 Pedro 1:8-9



Besitos

                                                                              

28 setembro 2014

O lado bom da vida

Título: O lado bom da vida
Autor: Matthew Quick
ISBN: 9788580572773
Número de Páginas: 256
Compre: aqui.

Pat Peoples, um ex-professor na casa dos 30 anos, acaba de sair de uma instituição psiquiátrica. Convencido de que passou apenas alguns meses naquele "lugar ruim", Pat não se lembra do que o fez ir para lá. O que sabe é que Nikki, sua esposa, quis que ficassem um "tempo separados". Tentando recompor o quebra-cabeça de sua memória, agora repleta de lapsos, ele ainda precisa enfrentar uma realidade que não parece muito promissora.

. EIS UM FATO .

Os aspectos gráficos, diagramação, páginas e fontes está tudo perfeito. A intrínseca fez um bom trabalho. A capa do livro (pelo menos do meu) é igual ao do filme, nada contra. Só esperava que o Pat fosse mais bonito. No livro ele com certeza é.

. A ESTÓRIA .

O lado bom da vida conta a estória de Pat Peoples. Um cara que acabou de sair de "um lugar ruim" e quer reatar seu casamento com a sua esposa, Nicck. Logo que sai desse lugar, ele promete a si mesmo ser uma pessoa melhor e mais gentil, com os pais, terapeuta e especialmente com as mulheres. Isso porque a Nicck gostaria de saber que ele estava sendo gentil. Somos apresentados também a Thiffany, irmã de uma esposa do amigo do Pat. Ela também sofre de problemas psicológicos. É divertida, meio louca e corajosa. Definitivamente, eu gostei muito dela.

. EIS UM PROBLEMA .

Até o meio do livro a história me encantou e me prendeu... Só que depois disso eu me decepcionei tanto. A narrativa de Matthey é muito lenta. Não conseguiu me prender. Houve também fatos que me deixaram muito irritada. Eu odeio futebol. E o livro trás muito isso, entendam: A ligação entre Pat, seus irmãos, seu pai e até mesmo seu terapeuta é através do futebol. Isso é compreensível, mas por eu não gostar de futebol, especialmente do americano eu odiei  não curti esse detalhe. Nada de novo acontecia durante boa parte da narrativa e pela primeira vez em muito tempo eu ansiava chegar ao final com medo de abandonar o livro (coisa que eu nunca fiz). 

Não posso negar que Matthey criou uma estória bonita, tocante e interessante. Mas pra mim a forma que ele conduziu tudo foi maçante. Não me fez sentir nenhum apego ao livro. As leituras que mais me marcam são aquelas que me fazem sentir uma confusão de sentimentos enquanto leio. E o lado bom da vida não me proporcionou isso. Uma pena. Infelizmente, acho que eu coloquei muita expectativa no livro. Aconselho a não esperarem acontecimentos bárbaros, ok?

Recomendo para aqueles que não se importam em ler um poco de futebol e não ligam para a velocidade da narrativa. Não acredito que tenha perdido meu tempo lendo, mas o desenvolvimento e vários detalhes cruciais do livro não me fizeram sentir prazer durante a leitura. O final também  foi meio decepcionante. Sou boba-romântica-que-adora-um-bom-clichê e o autor me surpreendeu. Infelizmente, não de uma forma positiva.
. O LADO BOM DO LIVRO .

Mas, como gosto de ver o lado bom em toda leitura (mesmo que não tenha sido muito satisfatória), não posso negar que Pat é um exemplo de inspiração para todos nós. Assim como Thiffany, minha personagem preferida. Eles me mostraram que mesmo se você fez algo errado no passado, ou se machucaram você, a vida sempre vai te dar uma chance de ser feliz. O negócio é seguir em frente. :)

Alguém aí já leu? Concordam ou não comigo?
Besos

                                                           

26 setembro 2014

A forma como eu despejo sentimento


Tem muita coisa entulhada aqui dentro. Aqueles sentimentos que com o tempo a gente aprende que é melhor prender a expulsar. Existe muita coisa acumulando poeira, porém decidi que passar a vassoura não seria uma boa ideia. Talvez seja o medo que me impede de colocar pra fora, talvez isso seja só uma desculpa para minha acomodação. Talvez não seja isso. Nada disso. A questão que esqueço, é que quanto mais coisas vou guardando, a possibilidade de em certo momento minha reserva estar entupida é considerável.

É tudo uma luta, sabe? Esse lance de seguir em frente mesmo quando você está prestes a desmoronar. Aquele impedimento de jogar tudo pro alto porque -simplesmente- você não deve desistir. As pessoas te dizem: você precisa ser forte. E acreditam, (por mais que no fundo que elas saibam que isso não serve pra muita coisa.) que tais palavras irão resolver. Só que você sabe, não funciona. A dor continua a doer, o fora parece recente, o desemprego ainda é desesperador, e a solidão, agonizante. Olha, acredito que as palavras possuem um poder incrível, elas são refúgio, calmaria e acalento. Mas, não é um bucado delas que irão tirar o peso que tais sentimentos carregam. Na verdade, as palavras adicionam muito mais veracidade aos significados que traduzem (ou tentam traduzir) o que sentimos. Elas fazem tudo parecer mais forte, mais claro, e profundo. Talvez, (lá vem eu com esse talvez de novo) seja por isso que eu recorro tanto a mesma quando não sei o que fazer, mas sei que preciso fazer algo.

Quando escrevo é como se eu dividisse a minha dor em pedaços, e a cada palavra escrita essa mesma dor se esvaziasse do peito por meus dedos para algum lugar distante. É indescritível a sensação de se sentir leve depois de despejar tanto sentimento, confusão e verdade. Mesmo que pra muita gente tudo isso não faça sentindo, a escrita é meu escape quando tudo está cinza por fora e fumaçando por dentro. Por fim acordei, e larguei a tese que acumular sentimentos negativos são a melhor opção. Assim como as palavras que um dia me fizeram mau, as promessas que não foram cumpridas, as atitudes carregadas de falsidade. Sabe, não posso me prender a isso!

É preciso me desligar de um passado que carrega tantas mágoas. Eu posso sim despejar tudo o que sinto, à minha maneira, do meu jeito, da forma que eu quiser. O que não devo é morrer por dentro para apenas demonstrar uma bela carcaça por fora. Não escolhi aparentar ser algo para as pessoas que não sou primeiro para mim mesma. 

                                                                                                           

25 setembro 2014

7 músicas para cantar no Karaokê

Depois de tantos dias afastada eu voltei! Olha pessoal foi por bons motivos juro! Aconteceram várias coisas esses dias e eu precisava de um tempo, sabe? Mas, já tenho vários posts prontinhos e irei liberar em breve para vocês! 
Bem, um dos temas do grupo Rotaroots desse mês, é 7 músicas que eu cantaria no karokê! Achei a ideia super divertida e decide contar para vocês! Pra quem não sabe, eu amo cantar. Costumo cantar na igreja e por mais que eu fique nervosa, confesso que amo. E mais, não vivo um minutinho sem uma música boa tocando nos meus fones. Costumo dizer que minha vida tem uma eterna trilha sonora. Alguém mais é assim? Quais músicas vocês ousariam cantar no karokê também?

Eu ARRASARIA (ou melhor, pagaria um mico) cantando loucamente essa música! Ela é absurdamente linda, e eu já imagino os passo de dança que faria no palco! hahaha

Um gigante "fala sério" pra quem ainda não ouviu gold da Britt Nicole! Letra linda, ritmo contagiante... Impossível não pensar nessa música ao segurar um microfone! 

Outra música para cantar alto e jogando os cabelos. E ainda fazia uma palinha junto com todo mundo no: ohohohoh! #Sendoousada

Essa é o tipo de música que vai provar que sua voz é lindJa! E afinal, quem não ama um acústico fofo? A Dara arrasou nesse vídeo! Voz brilhante e caretas perfeitas! ;)


Sinto uma vontade imensa de cantar essa música para UM MONTE de meninas! A letra é maravilhosa! Quando estou com a autoestima baixa, e me sentindo triste por algum motivo, sempre escuto e me sinto bem. :)

Essa música da Arianne é uma das diversas que vivo a cantarolar. Ellen não é Ellen se você não a ouvir cantarolando esse trechinho por aí (no meio da rua, baixinho mesmo): Jesus Tu és a música da minha vida...

Quando vejo esse vídeo me sinto tão livre! Amo a voz da Kari, o jeito como ela canta e encanta! Ah, essa música eu com certeza cantaria no karokê! 

Alguém curtiu as indicações? Agora quero saber as músicas que vocês cantariam! 

Besos y muchas gracias

                                                                          

14 setembro 2014

Sessão Pipoca: Deus não está morto

Em cartaz desde o dia 21 de agosto, todos meus amigos já viram, provavelmente fui a última a ver também. Ficava com a curiosidade explodindo todas as vezes que lia no feed do Facebook: Deus não está morto. Até que neste domingo, 14 de setembro, eu decidi ver. E estou aqui para comentar que esse foi um dos filmes mais brilhantes que eu já vi em quase 17 anos.

O estudante Josh Wheaton, tem sua sua fé desafiada diante de todos os seus colegas de turma na aula de Filosofia. Essa mesma aula que é ministrada pelo professor Radisson, um homem extremamente inteligente e capaz de derrubar argumentos de qualquer aluno. Ele afirma que Deus está morto, e faz propositalmente todos os alunos a acreditarem nisso. Josh diz que não pode concordar com tal afirmação, e então, é lançado sobre ele o desafio de provar que Deus existe, colocando seu diploma (e outras coisas) em risco.

Aquele tipo de pergunta: Você teria coragem de colocar seu diploma em risco para provar que Deus existe? Ou... Até que ponto você iria para provar sua fé?

Esse é mais um filme da graça filmes que me emociona. Mas, foi o único que me faz bater palma em coro com o Tutu em cada argumento do estudante. Eu me coloquei no lugar do Josh, sabe? "Será que eu faria o mesmo?" É simplesmente o filme mais mais mais indescritível que já vi. Vocês podem pensar que estou exagerando, (confesso que admiro a hipérbole e faço bastante uso dela). Mas, é realmente difícil falar sobre Deus não está morto.

POR FAVOR, ASSISTAM! 

A TRILHA ♥

E pra deixar o filme ainda mais perfeito... A trilha sonora é incrível! E como eu amo tanto vocês procurei e fiz uma seleção básica, sabe? Agora batam palmas, dancem, e pulem porque as músicas são PERFEITAS!


Deus não está morto by Ellen Andressa on Grooveshark



                                                                                                                     

Muchas gracias y besos